Mais uma charge que merece registro

 

Crédito: Quinho

De Quinho, sobre pedido judicial de retirada de obras de Lobato de bibliotecas escolares