29.02.08

Dois álbuns vão trazer histórias clássicas do Capitão América

A morte -ou "morte"- do Capitão América, definitivamente, tornou-se um bom negócio.

No dia em que chega às bancas a revista com a morte dele (leia mais aqui), a editora Panini divulga o lançamento de dois álbuns com histórias clássicas do herói.

A notícia foi veiculada nesta sexta-feira no site "HQ Maniacs", especializado em informações relacionadas a quadrinhos.

A informação consta também num site elaborado pela editora com dados sobre o herói e a morte dele. A página virtual foi divulgada hoje (pode ser acessada aqui).

Um dos álbuns vai integrar a coleção "Biblioteca Histórica Marvel".

A série de luxo, direcionada às livrarias, relança as primeiras aventuras de super-heróis da editora norte-americana Marvel Comics.

Já saíram quatro volumes no segundo semestre do ano passado, com as histórias iniciais de Quarteto Fantástico, Homem-Aranha, Vingadores e X-Men.

O outro lançamento, que já havia sido antecipado pelo blog "Gibizada", é um encadernado com a fase do herói desenhada por John Byrne.

Numa dessas aventuras, o Capitão América decide se deve ou não concorrer à presidência dos Estados Unidos.

Segundo o HQ Maniacs, a edição vai se chamar "Os Maiores Clássicos do Capitão América". O material foi  escrito por Roger Stern.

Ainda não há informação de quando os dois álbuns serão lançados.

Escrito por PAULO RAMOS às 14h23
[comente] [ link ]

22.02.08

Site traz animação com super-heróis da Marvel

O crédito da descoberta é de Telio Navega, autor do blog "Gibizada".

O site Marvel Kids, mantido pela norte-americana Marvel Comics, traz uma animação em três partes com super-heróis da editora.

O vídeo, feito em computação gráfica, mostra Homem-de-Ferro, Homem-Aranha e Hulk num quebra-pau contra robôs gigantes.

A animação é superior a muitas das adaptações de heróis da editora feitas para outras mídias, como cinema e TV. É um bom programa para iniciar o fim de semana.

A primeira parte pode ser vista abaixo. As outras estão nas próximas postagens.

Só um detalhe: as imagens demoram um pouquinho para aparecer na tela.

Escrito por PAULO RAMOS às 18h52
[comente] [ link ]

Site traz animação com super-heróis da Marvel - 2ª parte

Escrito por PAULO RAMOS às 18h50
[comente] [ link ]

Site traz animação com super-heróis da Marvel - 3ª parte

Escrito por PAULO RAMOS às 18h50
[comente] [ link ]

12.02.08

É necessário pôr limites à expansão dos mangás?

A pergunta que dá título a esta postagem é discutida por Arnaldo Niskier em artigo publicado na edição desta terça-feira do jornal "Folha de S.Paulo".

Niskier, de 72 anos, é membro da Academia Brasileira de Letras e professor emérito da Escola de Comando e Estado-Maior do Exército.

No artigo, chamado "Mangá e a Transplantação de Cultura", ele relata a cena que viu durante espera no aeroporto de Tóquio.

"Na poltrona da sala VIP, refestelada, uma criança japonesa está inteiramente envolvida pela leitura de uma história em quadrinhos. Aliás, várias histórias e diversas revistas. Todas de mangá, a colqueluche do público infanto-juvenil."

Niskier relata que os mangás já se tornaram um fenômeno globalizado, fruto de um novo cenário globalizado. E conclui:

"Os nossos colecionadores desse gibi dos tempos modernos são numerosos. Livrarias de tradição colocam revitas mangá em suas estantes e ateliês de pintura ensinam a desenhar nesse estilo, que mistura cultura pop com realismo fantástico."

"Conhecer o fenômeno é uma forma de colocar limites em sua expansão, para que prevaleça, no espírito dos jovens, se possível, muito mais a riqueza da cultura brasileira."

É mesmo necessário pôr freio na expansão dos mangás no Brasil? O que você acha?

Escrito por PAULO RAMOS às 19h35
[comente] [ link ]

08.02.08

Revista traz matéria sobre álbuns nacionais

Registro rápido. A última edição da "Revista da Cultura" traz reportagem sobre o aumento no número de álbuns produzidos por autores nacionais.

A tendência de crescimento teve início no fim do ano passado. 

A projeção para este ano é de mais produções assim, inclusive independentes.

A matéria foi escrita por mim. Foi o segundo convite dos responsáveis pela revista, mantida pela Livraria Cultura. A outra reportagem saiu na edição de setembro de 2006 (leia aqui).

O relevante na reportagem, a meu ver, é que confirma o interesse de públicos não leitores de quadrinhos em informações sobre área.

A revista pode ser retirada de graça nas unidades da livraria.

Ou pode ser lida na versão on-line. Clique neste neste link para acessar.

Escrito por PAULO RAMOS às 14h55
[comente] [ link ]

06.02.08

Ator do Coringa morreu por uso abusivo de remédios, diz IML

O ator Heath Ledger, que interpreta o Coringa no próximo filme de Batman, morreu por causa de uso abusivo de remédios.
 
A informação foi divulgada nesta quarta-feira pela porta-voz do Instituto Médico Legal de Nova York, equipe que realizou a autópsia do ator australiano.
 
Os médicos encontraram no organismo de Ledger  uma combinação de seis tipos de medicamentos diferentes.
 
"Nós concluímos que a causa da morte é acidental, resultado de uso abusivo de remédios prescritos", disse Ellen Borakove, porta-voz do instituto, em reportagem veiculada no site do jornal "The New York Times".
 
Desde que o ator foi encontrado morto, em 22 de janeiro deste ano, havia a suspeita de que ele tivesse cometido suicídio. Ledger estava num apartamento, em Nova York.
 
A primeira autópsia, realizada no dia seguinte, foi inconclusiva.
 
Ledger estava com 28 anos e se preparava para as filmagens de seu próximo filme, "The Imaginarium of Doctor Parnassus".
 
A produção do longa-metragem, dirigido por Terry Gilliam, foi cancelada.
 
O ator já havia encerrado as filmagens de "The Dark Knight", no qual faz o vilão Coringa.
 
O longa-metragem de Batman estréia este ano.
 
Leia mais sobre a morte de Ledger neste link.

Escrito por PAULO RAMOS às 14h59
[comente] [ link ]

[ ver mensagens anteriores ]