31.05.10

HQMix: edição estrangeira, humor e adaptação

A Comissão Organizadora do 22º Troféu HQMix divulgou nesta segunda-feira os indicados a mais três categorias da premiação de quadrinhos, a principal do país.

Os selecionados são para as categorias edição especial estrangeira, publicação de humor e adaptação para outro veículo. Os nomes indicados são:

Edição Especial Estrangeira:

  • Crônicas Birmanesas - Guy Delisle (Zarabatana)
  • Fracasso de Público - Heróis mascarados e amigos encrencados - Alex Robinson (Gal Editora)
  • Gênesis - Robert Crumb (Conrad)
  • Jimmy Corrigan - O Garoto mais Esperto do Mundo - Chris Ware (Quadrinhos na Cia.)
  • Retalhos - Craig Thompson (Quadrinhos na Cia.)
  • The Umbrella Academy - Suite do Apocalipse - Gerard Way e Gabriel Bá (Devir)
  • Três Dedos: Um Escândalo Animado - Rich Koslowski (Gal Editora)

Publicação de Humor:

  • As Eletrizantes e Etílicas Aventuras das Velhas Virgens - Alexandre "Cavalo" Dias, André Andrade e Deivy Costa (Independente)
  • Capitu #1 - Sacramento de Oliveira e Turbay (Independente)
  • É tudo mais ou menos verdade - Jornalismo investigativo, tendencioso e ficcional - Allan Sieber (Desiderata)
  • Fráuzio - Ares da Primavera - Marcatti (Devir)
  • Mad #14 - vários (Panini)
  • Mundo Canibal #3 - vários (Mythos)
  • Roko-Loko - Hey Ho, Lets Go! - Marcio Baraldi (Editora Rock Brigade)

Adaptação para outro veículo:

  • Aline (série de TV)
  • Avenida Dropsie (teatro)
  • Batman - Arkham Asylum (video game)
  • Los Três Amigos (curta de animação)
  • Watchmen (filme)
  • X-Men Origens: Wolverine (filme)
  • Death Note (teatro)

Os nomes, neste ano, têm sido apresentados num blog, mantido pela comissão organizadora da premiação.

A apresentação dos selecionados teve início neste domingo, com as categorias adaptação para os quadrinhos, edição especial nacional e publicação infantil e juvenil.

A proposta do prêmio é ouvir os comentários sobre os indicados e, se for o caso, a comissão admite reavaliar algum nome indicado em caso de eventual omissão.

Leia mais na postagem abaixo.

Escrito por PAULO RAMOS às 13h29
[comente] [ link ]

30.05.10

HQMix cria blog para mostrar indicados ao prêmio

 

Logo do blog do Troféu HQMix

 

A Comissão Organizadora da próxima edição do Troféu HQMix criou um blog para mostrar quem são os indicados ao prêmio, o principal da área de quadrinhos do país.

É a primeira vez que a medida é adotada nos 22 anos de existência da premiação. A proposta é que o público possa opinar sobre os nomes selecionados.

Segundo texto inserido no blog, a comissão vai levar os comentários em consideração e poderá, eventualmente, reavaliar casos de "omissão ou desconhecimento".

Os primeiros nomes selecionados entraram no ar neste domingo. São os indicados a três categorias: adaptação, edição especial nacional e publicação infantil e juvenil. Seguem:

Adaptação para os quadrinhos

  • A Luneta Mágica em Quadrinhos (Panda Books)
  • Balaiada - A Guerra do Maranhão (Independente)
  • História do Brasil em Quadrinhos: Proclamação da República (Editora Europa)
  • Jubiabá (Companhia das Letras)
  • O Cortiço (Ática)
  • O Guarani (Ática)
  • O Pagador de Promessas (Agir)

Publicação Infantil e Juvenil

  • 1000 Tiras em Quadrinhos (Independente)
  • Clássicos do Cinema #15 - Cascão Porker e a Pedra Distracional (Panini)
  • Disney Big #1 (Abril)
  • Naruto #21 (Panini)
  • Nicolau e seus Queridos Vizinhos (Editora Enquadrinho)
  • Tataribú (Independente)
  • Turma da Mônica Jovem #10 (Panini)

Edição Especial Nacional

  • Copacabana - S. Lobo e Odyr (Desiderata)
  • Estação Luz - Guilherme Fonseca e Renoir Santos (Devir)
  • Fractal - Marcela Godoy e Eduardo Ferigato (Devir)
  • MSP50 - Maurício de Sousa por 50 Artistas - vários (Panini)
  • Os Brasileiros - André Toral (Conrad)
  • Sábado dos Meus Amores - Marcelo Quintanilha (Conrad)
  • Yeshuah - Laudo Ferreira e Omar Viñole (Devir)

                                                          ***

O blog do HQMix não informa quando serão inseridas as demais indicações. A comissão organizadora trabalha com a ideia de fazer a cerimônia de premiação em agosto ou setembro.

Os votos são feitos eletronicamente por nomes ligados à área de quadrinhos, previamente cadastrados. Em 2009, a lista contava com cerca de 2 mil pessoas.

O Troféu HQMix, neste ano, é organizado por Andrea de Araújo, Benê Nascimento, Cris Merlo, Daniela Baptista, Gualberto Costa, José Alberto Lovetro - o JAL -, Nobu Chinen, Sam Hart, Silvio Alexandre, Tiago Souza, Waldomiro Vergueiro e Will.

A presidência desta 22ª edição é dividida entre a pesquisadora Sônia Bibe Luyten e o jornalista Marcelo Alencar.

                                                          ***

Link: para acessar o blog do Troféu HQMix, clique aqui.

Escrito por PAULO RAMOS às 23h25
[comente] [ link ]

29.05.10

Desenhista de 13 anos assume tira da Folhinha

 

Eric, de Pedro C. Crédito: versão on-line da Folha de S.Paulo

 

Pedro Cobiaco, desenhista de 13 anos, estreou neste sábado uma nova série no "Folhinha", suplemento infantil do jornal "Folha de S.Paulo".

A história inaugural é a mostrada acima. "Eric", nome da série, é sobre um garoto que curte rock´n roll - e batata frita, como diz a tira.

Pedro C., como o quadrinista prefere assinar, assume a vaga deixada por João Montanaro, de 14 anos, que havia estreado na "Folhinha" em janeiro deste ano.

Montanaro passou a integrar a equipe de chargistas da Folha. O jornal estreou nesta semana, no caderno de vestibular, outra tira, "Os Bixos", de Spacca e Mandrade.

Escrito por PAULO RAMOS às 12h05
[comente] [ link ]

28.05.10

Registros rápidos

Saído do forno 1
A Conrad pôs à venda nesta semana o terceiro volume de "Bórgia", inédito no país (R$ 43). O álbum é escrito por Alejandro Jodorowsky e desenhado por Milo Manara. Os dois volumes anteriores também haviam sido publicados pela editora paulista.

Saído do forno 2
Semana, aliás, de muitos lançamentos nas lojas de quadrinhos: versão de "Príncipe da Pérsia" (Galera Record, R$ 39,90), o nacional "Xampu", de Roger Cruz (Devir, R$ 29,50) e novos volumes de "Fracasso de Público" (Gal, R$ 38) e "Ex-Machina" (Panini, R$ 19,90).

Saindo do forno
Três livros sobre quadrinhos estão prestes a serem publicados: a trajetória de Angelo Agostini, de Gilberto Maringoni (Devir), "Gibi - A Revista Sinônimo de Quadrinhos", escrito por quatro pesquisadores (Via Lettera), e "O Beijo nos Quadrinhos", de Gonçalo Junior.

Degustação paulistana 1
O álbum "Katita - O Preconceito é um Dragão" (Marca de Fantasia, R$ 5) tem lançamento neste sábado, às 19h30, em São Paulo (HQMix Livraria, Praça Roosevelt, 142). A personagem lésbica foi criada por Anita Costa Prado e Ronaldo Mendes.

Degustação paulistana 2
"Homem Gravidade Zero" (Jaboticaba, R$ 39,90) é um álbum nacional que dialoga com temas da filosofia. O trabalho é de Leo Slezynger, Filippo Croso e Kris Zullo. Os autógrafos serão no dia 01º.06, às 18h30, na Livraria da Vila (r. Fradique Coutinho, 915).

Aperitivo para a Copa
A mostra "Craques do Cartum na Copa" reúne trabalhos de 11 desenhistas, de Mauricio de Sousa e Ziraldo ao já falecido Henfil. A abertura será na próxima terça, às 20h, no Centro Cultural Banco do Brasil (r. Álvares Penteado, 112, em São Paulo). A visita vai até 18.07.

Parrilla argentina
Faço palestra sobre os quadrinhos argentinos neste domingo, às 14h, na Casa das Rosas, em São Paulo (Avenida Paulista, 37). No mesmo local, mas na véspera, às 15h, há mesa-redonda sobre os quadrinhos japoneses, com editores da JBC.

Preparando os ingredientes
Dois salões de humor recebem inscrições. Do Piauí, vão até segunda-feira (pelo e-mail fundacaohumor@hotmail.com). O tema é "trânsito e sociedade". O Salão de Piracicaba recebe trabalhos até 3 de agosto para as cinco categorias do evento (link para o site).

Lenha na fogueira
Pergunta ainda sem resposta: como os cartunistas irão se posicionar ante o Salão de Piracicaba deste ano? A classe havia ensaiado um protesto - alguns falaram até em boicote - para criticar o afastamento de Zetti, antiga responsável pelo evento.

Escrito por PAULO RAMOS às 13h05
[comente] [ link ]

26.05.10

Coleção reúne histórias literárias com personagens Disney

 

Clássicos da Literatura Disney - Volume 1. Crédito: divulgação

 

 

 

 

 

 

 

Capa do primeiro volume de "Clássicos da Literatura Disney", lançado nesta semana nas bancas 

 

 

 

 

 

 

 

 

A Abril aposta alto na coleção "Clássicos da Literatura Disney", que começa a chegar nesta semana às bancas (156 págs., R$ 9,95). A série conta até com comercial de TV.

A proposta é reunir ao longo de 20 livros histórias literárias protagonizadas pelos personagens Disney. Nesta estreia, o diálogo principal é com obras de Alexandre Dumas.

Em "Os Três Mosqueteiros", história de 62 páginas que abre o livro, Donald faz as vezes de D´Artagnan e seus sobrinhos, o trio de espadachins: Hugo-Atos, José-Portos e Luís-Aramis.

Donald D´Artagnan retorna em "O Máscara de Ferro", segunda aventura da obra. A terceira e última história mostra um encontro do pato com Branca de Neve e os Sete Anões.

                                                         ***

As três histórias são inéditas no Brasil, segundo informa o texto introdutório do livro de estreia. Os outros volumes irão mesclar tramas novas com reedições.

A programação da editora é lançar um novo volume a cada quinta-feira. O segundo terá histórias de "A Ilha do Tesouro", "Marujos Intrépidos" e "O Fantasma de Canterville".

A coleção foi pensada para comemorar os 60 anos da revista "Pato Donald". Por isso, este volume de estreia traz também uma reprodução do primeiro número, de julho de 1950.

Foi a segunda revista da Abril, ao contrário do que informa a contracapa do livro. A primeira foi "Raio Vermelho", de maio de 1950, quando a editora ainda se chamava Primavera.

Escrito por PAULO RAMOS às 23h30
[comente] [ link ]

21.05.10

Lançamento de Bienvenido em João Pessoa

 

 

Com a ida a João Pessoa, encerro essa maratona inicial de lançamentos de Bienvenido.

Com isso, terei tempo de retornar à rotina das postagens aqui no blog.

Agradeço a paciência do leitor e a atenção de todos os que ajudaram a divulgar o livro.

Valeu mesmo!

Escrito por PAULO RAMOS às 11h22
[comente] [ link ]

14.05.10

Próximas paradas de Bienvenido: Santos, RJ e SP

 

Foto da estátua de Mafalda, em Buenos Aires

 

Faço nos próximos dias mais três lançamentos de "Bienvenido - Um Passeio pelos Quadrinhos Argentinos", obra que publico pela editora Zarabatana (176 págs., R$ 36):

- Santos
  Sábado (15.05), às 19h30, na livraria Realejo (r. Marechal Deodoro, 2, no Gonzaga)

- Rio de Janeiro
  Segunda-feira (17.05), às 19h, na livraria Travessa de Ipanema (r. Visconde Pirajá, 572)

- São Paulo
  Quinta-feira (20.05), às 19h, na Fnac da Avenida Paulista (número 901)
  Antes do lançamento em São Paulo, vai haver um bate-papo sobre os quadrinhos argentinos e os bastidores da obra, mediado por Eduardo Nasi, do site "Universo HQ"    

Ficam os convites. Espero poder vê-los nos lançamentos.

Escrito por PAULO RAMOS às 10h16
[comente] [ link ]

11.05.10

O Globo renova página de tiras

 

Agente Zero Treze, de Arnaldo Branco e Claudio Mor

Tira da edição de hoje de "Agente Zero Treze", de Arnaldo Branco e Claudio Mor...

 

Dustin, de Steve Kelley e Jeff Parker

... e a estrangeira "Dustin", duas das novas séries em quadrinhos do jornal carioca

 

Uma metáfora pinçada da informática ajuda a entender o processo pelo qual passou a página de quadrinhos do jornal carioca "O Globo" nesta semana.

É como se fosse um computador, reiniciado do zero. O novo visual da tela é uma versão modernizado, 2.0.

Da configuração antiga das tiras, restou apenas "Urbano, o Aposentado", de A. Silvério.

O reload teve início no domingo passado. O jornal trouxe apenas séries novas, todas nacionais. A partir de segunda-feira, estreou outras cinco tiras, três delas brasileiras.

                                                          ***

A mudança ocorreu por conta de uma troca de comando do "Segundo Caderno", que reúne as informações culturais do jornal e onde estão abrigadas as tiras. Saiu Artur Xexéo e entreou Isabel De Luca.

"Como ela curte quadrinhos, quis mudar a página. Daí, pediu sugestões a mim e ao Rodrigo [Fonseca, repórter do caderno]", explica Telio Navega, que trabalha na área de arte do jornal e que mantém o blog "Gibizada" no portal de "O Globo".

"Procuramos escolher boas tiras que ainda não eram publicadas em outros jornais brasileiros. E a ideia foi privilegiar os autores nacionais, principalmente os cariocas."

A nova seleção de tiras foi dividida em dois grupos. Uma parte publicada de segunda a sexta e outra, nos finais de semana.

 

Seção de tiras de O Globo, publicada em 10.05

 

Por enquanto, como em toda nova tira, o leitor vai sendo apresentado aos personagens. Durante a semana, a página tem estas séries:

  • "Bichinhos de Jardim", de Clara Gomes;
  • a norte-americana "Liberty Meadows", de Frank Cho;
  • a também estadunidense "Dustin", de Steve Kelly e Jeff Parker, inédita no Brasil;
  • "Agente Zero Treze", da dupla Arnaldo Branco e Claudio Mor;
  • "A Cabeça É a Ilha", de André Dahmer, autor de outra série, "Malvados";
  • "Urbano, o Aposentado", de A. Silvério, a única mantida após as mudanças.

E estas, aos sábados e domingos:

  • "Menina Infinito", de Fábio Lyra, uma volta das tiras seriadas;
  • "Luluzinha Teen", sem indicação de crédito para o autor; também não ficou claro o critério envolvido na seleção da série;
  • "Valente", de Vitor Cafaggi, produzida no tamanho equivalente ao de duas tiras;
  • o cartum "A Arte de Zoar", de Reinaldo, do Casseta & Planeta, que retorna aos desenhos de humor - arte que ele fazia desde a decada de 1970.

Outra novidade na edição do último domingo foi uma tira em branco. A proposta é ocupar o espaço com trabalhos enviados pelos leitores (podem ser enviados neste link).

Com as alterações, "O Globo" deixa de publicar séries tradicionais, como "Recruta Zero", Snoopy", "Hagar", "Turma da Mônica" e "O Menino Maluquinho".

                                                          ***

Post postagem (às 17h39): o colega Telio Navega me corrige uma informação. As tiras do fim de semana valem apenas para o domingo. Os sábados acompanham as séries dos demais dias da semana. Fica valendo essa informação.

Escrito por PAULO RAMOS às 10h04
[comente] [ link ]

10.05.10

Panini começa a vender revistas de heróis com menos páginas

 

Superman 90. Crédito: reprodução do site Guia dos Quadrinhos

 

 

 

 

 

 

 

 

Capa de "Superman 90", um dos títulos mensais que passaram de cem para 84 páginas 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A anunciada - e aguardada - mudança nos moldes editoriais da Panini começou a ganhar forma neste início de mês.

Bancas e lojas de quadrinhos já vendem as primeiras revistas de super-heróis com menos páginas - passaram de cem para 84 páginas.

Os dois primeiros títulos com as alterações são "Superman" e "Batman", lançados na última sexta-feira. Cada um custa R$ 6,50. Antes, saíam por R$ 7,95.

Apesar das mudanças, a numeração foi mantida. As duas revistas, por exemplo, estão no número 90.

                                                         ***

A redução das páginas e do preço faz parte de uma mudança editorial, oficializada em abril.

Nos dois meses anteriores, a Panini impôs aos editores um forte sigilo sobre o assunto, tratado como uma "revolução".

A principal alteração foi mesmo no número de páginas e o cancelamento de algumas revistas, válido para títulos da DC e da Marvel, editoras de Super-Homem e Homem-Aranha, respectivamente.

A Panini programa também o lançamento de alguns almanaques, com 148 páginas e uma seleção maior de histórias e personagens.

                                                          ***

Nota: a Panini programa para este mês uma overdose de álbuns da Vertigo e Wildstorm, selos adultos da DC. Fazem parte da lista continuações de "Fábulas", "Y - O Último Homem", "ZDM" e "Ex-Machina".   

Escrito por PAULO RAMOS às 12h14
[comente] [ link ]

07.05.10

Convite: lançamento de Bienvenido em Curitiba

 

Escrito por PAULO RAMOS às 00h40
[comente] [ link ]

03.05.10

Cartunista processo loja de roupas por uso indevido de imagem

 

Cartum de Walmir Orlandeli

 

 

 

 

 

 

Cartum do desenhista Walmir Orlandeli, premiado em 2005 no Salão de Paraguaçu Paulista...

 

 

 

 

 

 

  Foto de camiseta vendida nas lojas Riachuelo

 

 

 

 

 

 

... foi usado em camiseta vendida nas lojas Riachuelo sem autorização, segundo o autor

 

 

 

 

 

 

 


O desenhista Walmir Orlandeli entrou com um processo por danos morais e materias contra a Confecções Guararapes, que controla a rede de lojas Riachuelo.

O autor pede indenização mínima de R$ 171 mil por ter um cartum seu usado em uma camiseta, vendida em unidades da loja de diferentes partes do país.

"Não é o meu traço, mas é inquestionável que copiaram descaradamente o trabalho", diz Orlandeli, por e-mail.

O desenho havia sido premiado em 2005 no 1º Salão de Humor de Paraguaçu Paulista. Ficou em segundo lugar na categoria cartum.

                                                        ***

Orlandeli ficou sabendo do caso em março de 2009. Um colega de Recife, Laerte Silvino, também ilustrador, viu o cartum estampado na camiseta e informou o autor, por e-mail.

"Pedi para enviar uma foto e, comprovado que a estampa era realmente do meu cartum, resolvi procurar na Riachuelo da minha cidade [São José do Rio Preto, no interior Paulista], onde também tinha a camisa."

O advogado do desenhista, José Galhardo Viegas de Macedo, deu entrada no processo no último dia 20. O caso tramita na 3ª Vara Cível de São José do Rio Preto.

Antes de entrar com a ação, ele diz ter comprado camisetas em lojas em Manaus, Recife, Brasília, Rio de Janeiro, Campo Grande, São Paulo e São José do Rio Preto.

                                                          ***

As notas fiscais registram que a rede cobrava R$ 19,90 por unidade. Macedo diz que a peça já estava esgotada em Porto Alegre, Florianópolis, Fortaleza e Guaratinguetá.

O cuidado em quantificar onde a camiseta era vendida é para fixar o valor da indenização, somado à quantia por danos morais, prevista em 200 salários mínimos.

O advogado trabalha com o número mínimo de 3 mil peças vendidas. Se for provado judicialmente que a quantia é maior, a indenização pode ser ampliada.

"Vou pedir em juízo para saber nos livros contábeis o valor comercializado", disse Macedo ao blog, por telefone, na tarde desta segunda-feira.

                                                          ***

Outro lado.

Em nota, a Riachuelo admite que usou "inadvertidamente a obra intelectual criada pelo cartunista Walmir Orlandeli" e diz ter pedido a retirada da peça do setor de vendas.

Leia a íntegra do texto, enviado ao blog pela assessoria de imprensa da loja:

"O departamento jurídico das Lojas Riachuelo esclarece que inadvertidamente a obra intelectual criada pelo cartunista Walmir Orlandeli foi utilizada por um funcionário do departamento de criação para a estampa de camisetas, as quais foram imediatamente retiradas da área de vendas após a empresa haver tomado conhecimento do ocorrido, tendo inclusive sido determinado ao departamento responsável que se abstenha de utilizar a citada estampa. A empresa esclarece, ainda, que não foi cientificada quanto a eventual ação proposta pelo cartunista."

Escrito por PAULO RAMOS às 16h12
[comente] [ link ]

Agende-se

 

Roda Viva
Os desenhistas Gabriel Bá e Fabio Moon participam hoje, às 22h, do "Roda Viva", da TV Cultura. Os dois irmãos serão entrevistados por André Forastieri, Érico Borgo, Danilo Gentili e este jornalista. O programa é exibido ao vivo e pode ser visto também pela internet.

Charges em Brasília
Lailson Cavalcanti inaugura nesta terça-feira, às 17h, a exposição "Arraestaqui - Miguel Arraes em charges de 1979 a 2002". A mostra traz 200 desenhos com o ex-governador e pode ser visitada até o dia 13 no anexo 2 da Câmara dos Deputados, em Brasília.

Centenário de Agostini
Um debate vai discutir os cem anos da morte do ítalo-brasileiro Angelo Agostini, um dos pioneiros dos quadrinhos no Brasil. Um dos integrantes da mesa-redonda é o pesquisador Antonio Luiz Cagnin. às 8h30, no teatro do Ciee, em São Paulo (rua Tabapuã, 445).

Casa das Rosas
A Casa das Rosas, em São Paulo, faz uma extensa programação de debates, palestras e oficinas de quadrinhos durante todo o mês. Desenhistas, jornalistas e editores participam do cardápio, em diferentes dias e horários (a relação completa pode ser lida no site).

Quadrinhos na bienal
A Bienal do Livro de Minas vai ter uma mesa sobre quadrinhos, sob o tema "como casas texto e imagem". O tema será discutido pelos desenhistas Spacca e Lelis e pelo roteirista e editor Wellington Srbek. Dia 19 de maio, às 17h, no Expominas, em Belo Horizonte.

Escrito por PAULO RAMOS às 11h31
[comente] [ link ]

02.05.10

Vida de Estagiário, de Allan Sieber, vai virar série de TV

As histórias humilhantes do estagiário Oséas serão narradas numa série, que será exibida pela TV Brasil e tem até dezembro para ficar pronta.

"Vida de Estagiário", baseada nos quadrinhos de Allan Sieber, foi um dos três vencedores de seleção do Ministério da Cultura para produção de séries voltadas a jovens.

Os outros dois trabalhos aprovados foram "Brilhante Futebol Clube", sobre meninas que formam um time de futebol, e "Natália", uma jovem que entra no mundo da moda.

O trio vencedor terá verba de R$ 2,6 milhões para produzir 13 episódios de 26 minutos. As séries - e outras cinco concorrentes - tinham ganhado um piloto, exibido em abril deste ano.

                                                         ***

Leia mais sobre a série em quadrinhos "Vida de Estagiário" neste link.

Escrito por PAULO RAMOS às 13h43
[comente] [ link ]

[ ver mensagens anteriores ]